Jorge Kajuru fala sobre sua saída do Esporte Interativo


REDAÇÃO, MídiaEsportiva.net
Por Luciano Santos

Conhecido por não ter papas na língua, Jorge Kajuru causou uma grande polêmica neste domingo, ao afirmar que o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), José Maria Marin, a gigante Sadia e o presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Carlos Arthur Nuzman, foram os responsáveis por sua demissão da TV Esporte Interativo.
Ele explicou os motivos pelos quais cada parte pediu sua demissão e ressaltou que por respeito a alguns colegas, ficou calado. Além disso, Kajuru comentou que a TV Esporte Interativo tem investido cada vez menos em profissionais, apesar de ter dinheiro, segundo ele.
Confira na integra o desabafo de Kajuru pelo Twitter
"José Maria Marin, Agência da Sadia e Carlos Nuzman sócio exigiram minha demissão na TV Esporte Interativo. Agradeço, eu já estava saindo. Há 1 ano a TV não me pagava nada pelo blog, reduziu salário e pelo programa Kajuru Pergunta. Por consideração ao Diego, Fábio e Henning, me calei e acreditei na promessa de que receberia dia 10 de Junho. Me abalei com tal fato (provas comigo) pois sempre elogiei a TV, e continuarei gostando de todos, sem exceção. Quero apenas que ela cresça e honre seus compromissos. Todo dia, 5,6 pedem demissão e eles só contratam estagiário. Dinheiro não falta. A TV é sócia do BNDES (25%) e agora da Turner Americana (25%). Lá fiquei 4 anos e meio. Espero um acordo honesto e amigável. Coitados. Quando Marin, Nuzman e a agência do hambúrguer podre pediram minha cabeça, eu já tinha pedido saída no ar. Nuzman e Marin, os chamei de ladrões. A agência, porque critiquei o comercial das crianças: Seleção joga para nós, esqueça os adultos.”
Curta nossa página no Facebook.
Siga nosso perfil no Twitter.

BAIXE O APLICATIVO DO MÍDIA ESPORTIVA!
Compartilhe no Google Plus

Por Luciano Santos

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.