Final do Capixabão traz aumento de audiência para a TV Gazeta no sábado


Números oficiais do Ibope comprovam um crescimento no interesse do público capixaba pelo futebol do Espírito Santo, quando os jogos são transmitidos aos sábados. A pesquisa, que mediu a audiência da TV Gazeta no segundo jogo da decisão do Campeonato Capixaba 2015, trouxe números muito animadores para o horário, entre as 16h30 e 18h30.

A partida decisiva entre Rio Branco-ES e Desportiva Ferroviária, exibida em TV aberta, no dia 16 de maio, teve audiência de 17,13% ou seja, 108.140 domicílios estavam ligados na TV Gazeta na Grande Vitória. Além disso, a transmissão alcançou 304.538 pessoas diferentes durante a sua exibição. Resultados superiores aos encontrados nos sábados anteriores, quando não houveram exibição de jogos. Com isso, a conclusão da pesquisa revela que o segundo jogo da final do Capixabão 2015 teve audiência e alcance maior do que a média dos quatro últimos sábados sem partidas: um crescimento de 19% no horário.

Animado com o números da audiência, que considerou 'espetacular', o diretor-executivo da TV Gazeta/G1/GE, Celso Guerra, analisa a situação, sinalizando com a intenção de que a cobertura pode crescer, mas sempre de acordo com a qualidade do conteúdo apresentado. Afirmando que um bom show com certeza irá atrair mais público, Guerra acredita que a chegada do novo Kleber Andrade, aliada a melhores apresentações dos times e ao apoio da mídia, contribuíram para os números apresentados e que podem, juntas, alavancar o futebol capixaba.

- Um evento de qualquer natureza é feito de três pilares para ter sucesso. Ele precisa ter um bom local, adequado, bonito, chamativo para a televisão, que vive de imagem. Neste ano nós tivemos o Kleber Andrade, que tem um apelo visual muito interessante. Tem outro lado, que é o da promoção, que somos nós. Estamos nesse projeto há mais de 10 anos e sempre temos feito um esforço, seja com reportagens em todos os veículos da rede ou chamadas. Neste ano demos para cada clube uma quantidade de inserções de divulgação, fizemos chamadas para as partidas e transmitimos vários jogos. O terceiro lado é o conteúdo, qual é o show? O show era uma decisão que não acontecia há 30 anos, dos clubes com as maiores torcidas do estado. Acho que esses três fatores, somados, geraram essa audiência espetacular na final do Capixabão - disse Celso Guerra.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.