Telefonica oferece 450 milhões de euros pelos direitos internacionais do Campeonato Espanhol


A questão da venda dos direitos televisivos internacionais do Campeonato Espanhol ganhou um novo episódio no último domingo (28). A Telefónica fez diretamente para a Liga uma oferta pelos direitos mencionados, ao longo dos próximos três anos, 450 milhões líquido garantido, o que seria cerca de 1,5 bilhão de reais.

De acordo com o jornal Marca da Espanha, a oferta tem um mínimo de 50 milhões a mais do que a da Mediapro, esse valores serão distribuídos entre os clubes. No acordo de princípio alcançado com a Liga de Futebol Profissional garantia o pagamento de 400 milhões de euros. Esse acordo, que a Liga já tinha concordado com Mediapro, também estipulou que os direitos internacionais para vender 450.000.000 €, a empresa Roures os 50 milhões, o lucro líquido ficaria. Enquanto tudo o que excedeu esse valor, ou seja, tudo seria introduzido a partir de 450 milhões seriam distribuídos da seguinte forma: 25% para a Mediapro e 75% para os clubes na liga.

No entanto, nem todos concordam em ceder a capacidade de negociar com Mediapro. A oposição mais importante para esta concessão é o Real Madrid.

Como já foi informado pelo Midiaesportiva.net, o Barcelona e mais três clubes não fazem parte do pacote internacional de TV do Campeonato Espanhol. Eles tem contrato direto com a Telefónica. Entenda um pouco mais clicando aqui. Essas negociações influenciam as transmissões aqui no Brasil, nosso site vai atualizar você sobre qualquer novidade.



Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.