Após acordo com Esporte Interativo, CBF deve mudar calendário da Série D nos próximos anos


Após fechar com o Esporte Interativo para transmitir a Série D pelos próximos quatro anos, a CBF avalia mais mudanças na competição. A mais significativa delas está no calendário, passando o início da disputa de julho, como é atualmente, para maio. A ideia é acabar com o hiato entre Estadual e Brasileiro, o que faz com que os times classificados desmontem elencos por falta de atividade e tenham que recontratar jogadores meses depois. Se vingar, a mudança deve ser anunciada em agosto.

Segundo o blog De Prima, do Lance, a verba do contrato de TV com o Esporte Interativo ficará no caixa da CBF e não será repassada diretamente para os clubes da Série D. O entendimento da entidade é que, se houvesse rateamento, o efeito seria irrisório. Segundo a estimativa, o que o EI pagará será menos que o custeio da arbitragem (cerca de R$ 1,5 milhão), que é responsabilidade da CBF. Além disso, a entidade projeta mais gastos com ajustes dos estádios para transmissão televisiva, como as placas ao redor dos campos.



Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.