Principais operadoras de TV paga teriam pressionado ESPN para conseguir renovação dos direitos do Campeonato Espanhol


A ESPN Brasil venceu a disputa com outras emissoras e anunciou na última sexta-feira (17) que continuará exibindo o Campeonato Espanhol nos próximos cinco anos. Diante da pressão da concorrência, a ESPN teve que elevar sua oferta aos US$ 50 milhões (cerca de R$ 161 milhões) anuais pelo Campeonato Espanhol, valor mais alto que o Esporte Interativo pagou pela Liga dos Campeões (US$ 45 milhões anuais).

Segundo a Folha de São Paulo, por Guilherme Seto, pelo ciclo anterior do Espanhol, que encerrou na temporada 2014-2015, ESPN e Sky dividiam o valor de US$ 15 milhões (R$ 48 milhões, em valores atuais) por ano. Dessa forma, ainda que a Fox Sports pague metade do valor anual (algo mais raro em acordos de sublicenciamento), a emissora do grupo Disney gastará mais que o triplo do que pagou no passado para exibir a liga nacional de maior audiência na TV fechada.

Segundo apuração da reportagem, algumas operadoras que contam com a ESPN em seus pacotes viam com preocupação a possível perda do Espanhol pelo canal, e consideravam a possibilidade de retirá-lo futuramente da grade de programação em caso de derrota. A conquista dos direitos do Espanhol tranquilizou as operadoras que contam com o canal em seus pacotes (Sky, NET, Vivo, Claro, TV Alphaville e Algar).

German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil, negou que houvesse pressão das operadoras para a continuidade do Espanhol no canal.

"Além de termos um ótimo relacionamento com as operadoras, nossa grade é bastante atrativa para o fã do esporte. Logo, não há motivo para pressão", disse à Folha.

A emissora não divulga os valores investidos na compra de direitos de transmissão, no entanto, segundo Hartenstein, a ESPN pagou um valor que está dentro da realidade do mercado.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.