Copa Sul-Minas teria aval da CBF e Esporte Interativo demonstra interesse na transmissão do campeonato


A Copa Sul-Minas definiu o seu formato de disputa nesta sexta-feira (21), em reunião na Cidade do Galo, em Belo Horizonte. Com calendário de até oito datas e entre oito e dez equipes participantes (dependendo da inclusão de Flamengo e Fluminense), o torneio foi encolhido em relação à ideia inicial de até 14 equipes.

Segundo o Gazeta do Povo, pelo ranking da CBF, os participantes da nova competição, que largaria já em 2016, serão Atlético e Coritiba, Grêmio e Internacional, Atlético-MG e Cruzeiro, Criciúma e Figueirense – dois clubes por estado, além da dupla carioca, que está cada vez mais próxima de confirmar presença. O Coxa foi representado pelo vice-presidente André Macias, responsável pelo projeto, enquanto o presidente Mario Celso Petraglia participou pelo Furacão.

Para tornar a competição viável, os clubes também decidiram simplificar o modo de disputa. Serão dois grupos com quatro ou cinco times, com um representante de cada estado em cada chave. Eles se enfrentam em turno único, com os dois melhores classificados avançando à semifinal, que será decidida em duas partidas.

Antes prevista para um só jogo em estádio escolhido previamente, a decisão da Sul-Minas agora será em duelos de ida e volta, na casa dos finalistas.

A reportagem apurou que a CBF deu autonomia, através de seu conselho técnico, para que o campeonato saia mesmo do papel. Dos cinco clubes membros do conselho, quatro (Atlético, Atlético-MG, Grêmio e Fluminense) estão engajados para reativar a Sul-Minas, que seria jogada simultaneamente aos Estaduais.

A reunião desta sexta, no entanto, não avançou sobre a venda de direitos de televisão. Além da Globo, que tem prioridade para exibir o torneio, outros canais, como o Esporte Interativo, já demonstraram interesse em ter a competição em suas grades.

LEIA TAMBÉM: 
Globo tem prioridade na compra dos direitos de transmissão da Liga Sul-Minas 2016

Anfitrião do encontro, o presidente do Galo, Daniel Nepomuceno, acredita que o projeto do torneio está sólido e pronto para virar realidade. “Foi uma reunião muito proveitosa. Entendo que houve um avanço. Outros encontros acontecerão com o objetivo de colocar em prática o desejo que temos na realização da Copa Sul-Minas, que entendo ser uma evolução do nosso calendário”, disse o dirigente ao site oficial do clube mineiro.

Um novo encontro está agendado para daqui a duas semanas, provavelmente no Rio de Janeiro.



Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.