André Rizek e Editora Abril terão que indenizar ex-jogador do Corinthians por reportagem em 2001


O jornalista do canal SporTV, André Rizek, e a Editora Abril foram condenados a indenizar um ex-jogador das categorias de base do Corinthians. Em 2001, o então repórter da revista Placar, produziu uma reportagem que resultou na expulsão de sete jogadores do time.

De acordo com o portal Meu Timão, Rizek publicou uma matéria que falava sobre a crise que cercava o time de aspirantes do Corinthians e afirmava que alguns jogadores promoviam festas e, supostamente, usavam drogas dentro dos vestiários. 

Para o ex-atleta Sérgio Simões de Jesus, a matéria marcou sua carreira no pior sentido. Depois de ser associado ao escândalo, ele nunca mais conseguiu se estabelecer no futebol.

No próprio texto de Rizek, Serginho, como era conhecido, negou o uso de cocaína. O jogador disse ainda que pediu aos dirigentes do time para realizarem um teste que identificaria substâncias ilícitas, mas não foi atendido.

A reportagem também mostrava uma foto de Serginho com uma legenda tendenciosa. No entanto, após o fim da carreira, ele abriu um processo judicial por danos morais e materiais, pedindo que fosse indenizado pelo jornalista e pela Editora Abril. Serginho atribuiu a eles o final de sua carreira como jogador.

Após alguns recursos, a sentença que corre desde 2008, chegou ao fim agora. O juiz responsável pelo caso negou a ação por danos materiais, afirmando que não era possível provar que sua carreira tenha sido afetada pela matéria, mas garantiu que Serginho receba uma indenização de R$ 50 mil, que deverá ser paga pela editora e pelo jornalista.

As informações são do Portal Imprensa. 




Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.