Esporte Interativo fecha parceria e passa a transmitir lutas do XFC a partir de sábado


Uma das maiores organizações de MMA do mundo, o XFC se junta a eventos como WSOF, One Championship e Bellator na tela dos canais Esporte Interativo.
Neste sábado, o Esporte Interativo apresenta o mais novo evento integrante da faixa “Nocaute” dos canais: o XFC. Criado em 2006, nos Estados Unidos, o XFC se tornou, ao longo dos últimos anos, um dos principais eventos de MMA do mundo. Com sede em Michigan e escritórios espalhados ao longo do mundo, a organização promoveu 27 eventos nos Estados Unidos antes de desembarcar no Brasil, em 2014. De lá pra cá, são dez eventos realizados em solo brasileiro, sendo todos no Estado de São Paulo, onde está localizado o XFC International Center, centro internacional de eventos, produções e treinamentos da organização. E, neste sábado, XFC e Esporte Interativo dão seus primeiros passos juntos com a transmissão, ao vivo e exclusiva, do XFCi 11, que conta com disputa de cinturão na categoria mosca feminina e com as finais dos torneios dos penas e dos leves, no EIMAXX, a partir das 21h.

XFCi apresenta duelo entre Brasil e Argentina valendo cinturão

A rivalidade Brasil vs Argentina será elevada a outro patamar no próximo dia 19 de setembro, data do XFCi 11. Duas estrelas em ascensão, Poliana Botelho e Silvana “La Malvada” Juarez vão disputar o cinturão mundial da categoria peso-mosca (até 56,7kg) do XFC, em luta que coloca frente a frente as duas primeiras campeãs dos torneios da organização. O evento será realizado novamente no XFC International Center, no bairro da Casa Verde, Zona Norte de São Paulo, e terá ainda as finais da segunda temporada dos torneios peso-leve (até 70,3kg), entre Fernando dos Santos e Willian Cili, e peso-pena (até 65,7kg), entre Missael Silva e Guilherme Faria.
Além das três decisões, o XFCi 11 terá mais sete lutas, marcando o início da terceira temporada de torneios. São 50 contratados para as disputas, que têm como objetivo descobrir novas estrelas e credenciar postulantes aos cinturões. Participam atletas que receberam mais uma chance, como Antonia Silvaneide “Marretinha”, vice-campeã da primeira temporada na categoria peso-mosca e que agora desce para os palhas (até 52,2kg), e novas aquisições, caso de sua adversária no XFCi 11, a alemã Sheila Gaff, que tem passagens por eventos como o UFC.

O presidente do XFC, Myron Molotky, celebra a realização de mais um evento cheio de lutas decisivas. “É nosso compromisso com os fãs de MMA oferecer as melhores lutas, com atletas de alto nível. O XFCi 11 será mais um evento para ficar na nossa história. Poliana e Silvana estão pedindo para se enfrentarem desde que ambas conquistaram suas medalhas dos torneios, são duas lutadoras muito agressivas, e não tenho dúvidas de que será uma guerra, e que elas darão tudo de si no hexágono. Só posso esperar o mesmo das finais masculinas, com lutadores que deram show anteriormente, mas agora terão a responsabilidade de lutas decisivas”, analisa.

A argentina Silvana “La Malvada” Juarez sagrou-se campeã do torneio peso-palha da primeira temporada em uma luta marcante, no XFCi 5, em julho de 2014, quando reverteu situação dificil contra a venezuela Mayerlin Rivas e finalizou com uma chave-de-braço no terceiro round. Silvana, depois, venceu Vanessa Melo no XFCi 8, na única vez em que precisou da decisão dos juízes para ter o braço erguido. Na carreira, está invicta em cinco lutas, com duas finalizações, um nocaute e um nocaute técnico.

Já Poliana Botelho tem 26 anos e é natural de Muriaé, no interior de Minas Gerais, mas mora e treina no Rio de Janeiro, na renomada academia Nova União. Em cinco lutas na carreira, venceu quatro, sendo duas por nocaute técnico e as duas últimas por nocaute, ambas na segunda temporada do torneio peso-palha do XFC. Para conquistar a medalha de ouro, a especialista em muay thai levou à lona Silvaneide Marretinha com apenas 1min36seg de luta.

Cinco nações, oito estados representados e seletivas dando frutos no XFCi 11

O XFCi 11, assim como os eventos anteriores, está repleto de atletas internacionais, com quatro países representados: Argentina, com dois atletas, Nova Zelândia, Alemanha e Rússia, com um cada. O Brasil terá lutadores e lutadoras de oito estados: três de São Paulo; dois de Minas Gerais; dois do Ceará; uma da Bahia; uma do Rio Grande do Norte; um do Paraná; um do Mato Grosso e um do Rio de Janeiro. As estreias dos mineiros Denis “3 Dedos” Oliveira e Cleiton Predador nos torneios são duas das mais aguardadas, por ambos terem sido escolhidos após sessão de observação realizada pelo estafe da companhia em Belo Horizonte, no último mês de janeiro.

“O XFC é um evento internacional, com redes de observações no mundo inteiro”, explica o presidente Myron Molotky. “Por isso, sempre temos talentos dos mais diversos países em nossos eventos, e no XFCi 11 não será diferente. Mais do que isso, nós nos comprometemos a buscar atletas de todos os cantos desse imenso e riquíssimo país que é o Brasil, e estamos cumprindo. Fizemos observações em Minas Gerais e já temos dois atletas nesse evento. Será uma terceira temporada repleta de talentos, de nível altíssimo e surpreendente. Mal posso esperar para começar a ação no hexágono”, completa.

O XFC International Center, que vai sediar o XFCi 11, é o centro internacional de eventos, produções e treinamento da organização. O espaço, de 1.300m² e cinco andares, tem hexágono oficial; ringue de boxe; tatame olímpico; sala de levantamento de peso; sauna e restaurante disponíveis para uso de lutadores contratados, além de estúdios e escritórios corporativos. O local foi inaugurado no dia 4 de julho deste ano, para a realização do XFCi 10 – Night of the Champions, último evento da franquia.

XFCi 11

Sábado, 19 de setembro de 2015
Horário: 21h, ao vivo no EIMAXX
Local: XFC International Center
Endereço: Rua Doutor de Mello Nogueira, 90 – Casa Verde (SP)

Card de Lutas

Até 56,7kg: Poliana Botelho x Silvana Juarez – Disputa do cinturão mundial
Até 70,3kg: Fernando dos Santos x Willian Cili – Final do torneio peso-leve
Até 65,8kg: Missael Silva x Guilherme Faria – Final do torneio peso-pena
Até kg: Kate Da Silva (NZL) x Marilia Santos – Torneio
Até 52,2kg: Sheila Gaff (ALE) x Antonia Silvaneide Marretinha – Torneio
Até 70,3kg: Cleiton “Predador” Pereira x Weslle Pereira – Torneio
Até 56,7kg: Julia Borisova (RUS) x Ilara Joanne – Torneio
Até 70,3kg: Ezequiel Eyalarar (ARG) x Jefferson Rodrigues – Torneio
Até 56.7kg: Denis “Três Dedos” Oliveira x José Vagno Soares – Torneio
Até 56,7kg: Rogério Bontorin x Israel Silva Lima – Torneio


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.