Por nova liga, Flamengo se dispõe até a receber cota de TV menor no campeonato Carioca


O discurso do Flamengo é entrar de cabeça no projeto da Liga Sul-Minas-Rio.

Segundo o Lancenet, por Igor Siqueira, a dedicação prometida pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello leva em conta até ter uma redução de arrecadação nas cotas de TV do Carioca, no qual pretende utilizar uma equipe alternativa, caso a competição da liga saia do papel já em 2016.

"Se tivermos que perder dinheiro, com certeza vamos perder porque é para ganhar mais na frente. Todo sacrifício acaba sendo compensado quando se está em um projeto meritório e viável" afirmou Bandeira, que foi anfitrião da reunião em que as assinaturas do novo projeto foram dadas pelos treze clubes fundadores.

Bandeira, que ao lado de Peter Siemsen, do Fluminense, tem batido de frente com a Ferj, avisou que vai tentar de todas as maneiras para que a Federação do Rio não seja obstáculo para a oficialização da nova liga.

"Vamos trabalhar para contornar isso. Não vamos abrir mão das nossas convicções" completou.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.