Arbitral da Ferj reduz cota de TV para quem disputar Carioca sem time principal


O presidente do Vasco, Eurico Miranda, confirmou ao deixar o arbitral de clubes realizado nesta quinta-feira, na sede da Federação de Futebol do Rio (Ferj), que haverá uma redução dos valores da cota de transmissão de jogos para os clubes que decidirem disputar a competição sem a equipe principal. De acordo com o dirigente, a cota da equipe que escalar uma equipe de reservas ou juniores será igual à menor cota destinada a clubes na competição. A diferença entre o valor que inicialmente seria recebido e o valor após o corte será repartida entre os demais clubes.

"A coisa é da seguinte forma. As equipes que não disputarem o campeonato, não recebem cota de televisão. E as equipes que disputarem com equipes diferentes da equipe principal, recebem uma cota igual à menor cota que tem na competição" disse Eurico em conversa com o Globoesporte.com.

Questionado sobre quem determina qual é a equipe principal, o dirigente respondeu:

"É fácil de ver qual o time principal. Time de júnior, time de Sub-23, não é time principal." finalizou.

A medida é uma resposta às ações de Flamengo e Fluminense, que estão em racha com a Ferj e fazem parte da Liga Sul-Minas-Rio, que será votada em assembleia na CBF no próximo dia 27. Rubens Lopes, presidente da Ferj, é radicalmente contra a liga e tenta impedir a realização da competição em 2016. Flamengo e Fluminense já sinalizaram que disputarão o Carioca com uma equipe alternativa. Nenhum dos dois enviou representantes ao arbitral. Dos quatro grandes, além de Eurico, somente o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, esteve presente.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.