Band negocia transmissão do "Novo Pride" e comemora audiência do Jungle Fight


Emissora que transmite o Jungle Fight, a Band pode ser a casa do "Novo Pride" no Brasil. De acordo com Wallid Ismail, parceiro do evento japonês, existe uma negociação e as chances são reais. O cartola também comemorou os números de audiência de seu evento, que atingiu pontos expressivos na TV fechada através da BandSports, segundo publicação do site especializado Portal do Vale Tudo.

"Estamos na Band, na BandSports, na internet. Batemos outros canais de esportes da TV fechada, e isso é algo inédito para o canal. Quero o crescimento do esporte. Ainda tem a chance, e muita chance, de o Rizin ir para a Band. Está havendo uma negociação e a concorrência é grande", revelou o empresário.

Presidente do Rizin, Nobuyuki Sakakibara vem ao Brasil neste final de semana. Sábado ele participa de uma coletiva de imprensa organizada por Wallid Ismail antes do inicio do Jungle Fight 82. No domingo, o cartola japonês viaja ao Rio de Janeiro, de onde parte para o Japão no mesmo dia.

Considerado o "Novo Pride", o Rizin FF brinda os fãs saudosistas do vale-tudo com regras e ícones do extinto evento japonês. Sua estreia está marcada para o dia 29 de dezembro seguido de uma fan expo no dia 30 e novas lutas no dia 31. Nomes como Fedor Emilianenko, Kazushi Sakuraba, Shynia Aoki e Gabi Garcia estão confirmados. Do Jungle Fight, o campeão peso-galo Maike Linhares e o campeão até 100 kg, que será conhecido neste sábado da luta entre Bruno Cappelozza e Sandro "Apaga A Luz", também foram contratados para o evento.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.