Peninha reage com brincadeira a processo do Fluminense na Justiça: "Coisa ridícula"


Nesta quinta-feira, o Fluminense deu entrada em processo contra o jornalista e historiador Eduardo Bueno, por um comentário feito no "Extra Ordinários" do dia 12 de julho. No programa deste domingo, Peninha comentou a ação do Tricolor das Laranjeiras na Justiça e reagiu com brincadeira.

- Coisa ridícula esse processo. O Fluminense está me processando por danos à sua moral. Mais danos à moral que o Fluminense fez para ele mesmo, eu não consigo fazer - disse.

A atriz Maitê Proença fez questão de separar "o historiador Eduardo Bueno" e o "personagem Peninha". Ela ainda o comparou a Pedro de Lara, famoso jurado de calouros na década de 1980.

- Vocês estão processando a pessoa errada. O Peninha é esse que vocês estão vendo aqui. O Eduardo Bueno é um sujeito que escreve, tem vários livros publicados, historiador sério. A mulher dele já veio aqui, disse que ele é uma pessoa adorável, quieta, calada em casa. A filha dele já deu depoimento. Nós todos endossamos o que eles dizem. O nosso Peninha é tal qual o Pedro de Lara, do programa do Chacrinha. Nós somos personagens fazendo um programa de televisão.

Torcedor do Fluminense, Beto Silva afirmou que o Tricolor não deveria "gastar tempo" com Peninha, "que não tem credibilidade".

- Como tricolor, acho que o Fluminense não deveria gastar seu tempo com essa figura ridícula, que só fala bobagem o tempo todo. É uma instituição enorme. Esse cara só fala besteira o tempo todo, não tem a menor credibilidade.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.