Cartolas corintianos afirmam que vantagem nas cotas de TV será mantida nos novos contratos


Nos bastidores, dirigentes do Corinthians afirmam existir a garantia da Globo de que o clube manterá a diferença para os rivais que recebem menos dinheiro do que ele da emissora pela transmissão do Brasileirão.

O alvinegro foi um dos primeiros a assinar a prorrogação do contrato que terminaria em 2018 e foi esticado até 2020. Times como Santos, Grêmio e Atlético-MG defendiam uma negociação coletiva ou em grupos que recebem a mesma quantia para tentar diminuir a desvantagem em relação a Corinthians e Flamengo.

A iniciativa fracassou, e as negociações continuaram sendo individuais. Nesse cenário, cada clube passou a tentar aumentar sua cota e reduzir a distância que os separa de corintianos e flamenguistas. Segundo relatos de cartolas alvinegros, não existe risco de o clube ver sua vantagem reduzida. Afirmam existir garantia contratual de que a diferença para os demais será mantida.

Os contratos têm cláusula de confidencialidade, mas, quando forem divulgados os balanços das agremiações será possível verificar quanto cada uma recebeu. Oficialmente, clubes e a Globo não comentam detalhes do acordo, justamente por causa do sigilo contratual.

Para os rivais do Corinthians, o clube paulista pode se tornar imbatível se a diferença não cair. Por isso defendem um sistema pelo qual uma parte do dinheiro seja distribuída de maneira igual, outra de acordo com o tamanho da torcida e a terceira conforme o desempenho das equipes.

As informações são do UOL Esporte, por Ricardo Perrone.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.