Jornalistas reclamam de empresa responsável pelo serviço de internet do GP do Brasil de F1


A organização do GP do Brasil de Fórmula 1 tem uma pequena dor de cabeça com a internet no local. O Wi-Fi fornecido pela Embratel aos jornalistas tem um custo de R$ 335, valor que foi contestado pelos profissionais em vista do funcionamento precário do serviço.

Segundo o Lancenet, por Fábio Suzuki, ontem à tarde, a assessoria do GP enviou um e-mail afirmando que havia “conseguido convencer” a companhia a diminuir o preço da internet.

Porém, segundo a empresa, foi a garantia de sinal que aumentou (de 30% para 50%), e não o valor que caiu. Questionados pela reportagem, nem a Embratel ou a assessoria do GP sabiam explicar o que havia, de fato, mudado.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.