Outra visão: Como Dan Stulbach encaixou perfeitamente na ESPN Brasil


Por Dyonathan Lavall. 
Colunista do Midiaesportiva.net.

Apresentador do CQC, radialista e ator. Talvez, você não imaginava que Dan Stulbach daria certo em uma emissora de esporte, certo? Você estava errado.

Ele havia feito uma participação em 2014 na emissora, durante a cobertura da Copa do Mundo, nos programas “Linha de Passe” e “Bate Bola”. Parecia que seria apenas isso mesmo, uma participação especial. No entanto, ele se destacou naquele mês: foi bem elogiado nas redes sociais e a sua aceitação foi excelente. No início desse ano, a ESPN Brasil perdeu “O PVC” e na tentativa de uma substituição (ao que pareceu) vieram Alex, Mario Marra e Jorge Nicola somente para citar alguns. É verdade que esses três somaram na emissora, de uma forma ou de outra. Alex somou mais num primeiro momento com jogos de despedidas, Mario achou seu espaço no Bate Bola da manhã, e Nicola no do Almoço. Mas, quem despontou na emissora na era “Pós PVC” da ESPN Brasil foi Dan Stulbach.

A emissora notou como ele foi bem aceito no período da Copa do Mundo e o contratou no início desse ano, em definitivo, para apresentar o “Bola da Vez”. O formato do programa mudou com isso. Confesso que gostava mais do formato antigo que lembrava uma espécie de “Roda Viva do esporte”. Mas a informalidade de Dan ao conduzir o programa com quem está lá sendo “O Bola da Vez” é impressionante. Ele consegue administrar perfeitamente uma hora e meia de programa de uma forma leve e informativa, fazendo um raio – x da vida do entrevistado. Antes no “Bola da Vez” quem menos importava era o apresentador. Tanto, que virou costume cada semana alguém diferente apresentar o programa: Paulo Andrade, Everaldo Marques, João Palomino, Dudu Monsanto. O show ficava por conta do quarteto de comentaristas que faziam as perguntas ao entrevistado cada semana. Hoje, quem MENOS importa são os comentaristas (que na nova fase são dois) porque quem dá o show toda semana, é o apresentador: Dan Stulbach.

Além do programa semanal que apresenta, Dan é utilizado em algumas das (muitas) edições do “Bate Bola” e no “Linha de Passe” ocasionalmente. Parece que quando ele participa de ambos, o programa fica mais ágil. Desde a saída de Paulo Vinícius Coelho, a emissora precisava de alguém que se identificasse com o canal e com o público da emissora da forma que PVC se identificava. Raramente PVC era criticado pelos “Fã de esporte”. E hoje, isso acontece com Dan.

Com toda certeza, fica que Palomino acertou em cheio na sua contratação. Talvez, um dos poucos acertos que ele teve desde que assumiu o canal alguns vão dizer. Mas acertou no alvo. Acredito que 12 anos atrás Dan Stulbach era muito feliz e realizado profissionalmente na Globo com o papel de Marcos (que dava raquetatas na mulher, lembra?) Em “Mulheres Apaixonadas”, uma novela das
nove da Globo. Porém a imagem que ele passa quando aparece no vídeo da ESPN Brasil é que hoje em dia, ele está ainda mais realizado e feliz. O fã de esporte agradece.



Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.