Para surpresa do publico, Canais esportivos fazem intensa cobertura do atentado na França


O mundo ficou chocado com a série de atentados terroristas acontecidos na França e que matou mais de 140 pessoas em pelo menos nove ataques coordenados em Paris.

Um deles aconteceu perto do Stade de France, onde ocorria o amistoso entre França e Alemanha - que foi transmitido ao vivo pelo SporTV -. No momento das explosões, inclusive, o narrador Eduardo Moreno disse que se tratava de "rojões soltados pela torcida".

Ao fim do jogo, os torcedores invadiram o campo com medo e esperando mais informações do que fazer. O público só pôde sair três horas depois - conforme relatou a repórter da Globo News, Carolina Cimenti, que estava dentro do estádio assistindo a partida.

De maneira até impressionante, os canais esportivos derrubaram várias matérias e fizeram uma boa cobertura sobre os atentados da França. A ESPN Brasil contou com uma edição totalmente especial do "Bate-Bola na Veia", comandada por João Carlos Albuquerque, que recebeu o ex-jogador Raí, ídolo do Paris Saint-Germain, e do jornalista e comentarista do Campeonato Francês, Stephan Darmani, além dos jornalistas Gian Oddi e Paulo Calçade.

"Por mim, nem teria Brasil e Argentina hoje", disse o apresentador, que a todo momento priorizou as informações vindas da França, e que também foram atualizadas pelos correspondentes do canal na Europa, os jornalistas João Castelo Branco (Londres) e Thiago Arantes (Barcelona).

Movimento interessante aconteceu no Esporte Interativo. Único dos canais de esporte do Brasil a ter correspondente em Paris - a jornalista Isabela Pagliari -, o EI trouxe informações primeiramente através de telefonemas no "Caderno de Esportes" e no "Jogando em Casa".

Posteriormente, Pagliari entrou ao vivo da porta do Stad de France e atualizou as informações dentro da grade de programação do canal esportivo da Turner. Ela também tem produzido reportagens especiais e tem contado sua experiência de vivenciar o caos na cidade-luz.

Quem também se destacou foi o Fox Sports, que realizou uma edição do "Central Fox" totalmente voltada aos atentados da França, e que foi apresentada por Eduardo Elias e Marina Ferrari. NO telejornal informou vários fatos atualizados por agências de notícias americanas e, por algum momento, chegou a retransmitir o Fox News, canal de notícias do grupo, que estava ao vivo para todo os EUA - aqui no Brasil, ele está disponível apenas na operadora GVT.

Já o SporTV informou o caso no pré-jogo de Argentina x Brasil, válido pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, e também durante a partida. Já o "SporTV News - Edição da Noite", apresentado por Fernando Saraiva, trouxe várias reportagens e reprisou à exaustão o momento da explosão no jogo França x Alemanha, com narração de Eduardo Moreno - o canal exibiu a partida com exclusividade.

As informações são do Gabriel Vaquer, do NaTelinha.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.