Além do Santos, Fluminense e Internacional também negociam com Esporte Interativo


Assim como o Santos, Fluminense e Internacional estão negociando a venda de seus direitos de transmissão dos Campeonatos Brasileiros de 2019 e 2020 para TV fechada com o canal Esporte Interativo, que pertence ao grupo Turner. Isso é o que garante o jornalista Ricardo Perrone, em seu blog no UOL Esporte.

Porém, enquanto o time paulista recusou a proposta inicial feita pela Globo e não voltou mais a falar sobre o assunto, Flu e Inter seguem conversando com a emissora sobre a possibilidade de renovar antecipadamente o contrato atual, que termina em 2018. Assim, trabalham em duas frentes, o que, em tese, aumenta o valor de seus direitos de transmissão.

LEIA TAMBÉM: 
Após ter seus jogos ignorados pela Globo, Santos negocia transmissão com Esporte Interativo

“Estamos ouvindo os dois lados. Sem dúvida, existir essa concorrência é muito bom. Com ela podemos avaliar melhor a qualidade do produto que temos para vender”, disse Vitorio Piffero, presidente do Internacional.

Peter Siemsen, presidente do Fluminense, também bateu na tecla da concorrência. “O que me empolga é ter essa competição (entre as emissoras)”, afirmou o cartola.

O Grêmio também estava entre os participantes de uma recente reunião com representantes da Turner sobre o interesse do Esporte Interativo. Romildo Bolzan, presidente gremista, no entanto, disse que não considera que uma oferta tenha sido feita e aguarda um novo encontro, que deve acontecer na primeira semana de janeiro, no Rio. Ele já afirmou à Rede Globo que seu clube não aceitou a oferta feita para renovar o contrato dos direitos de transmissão para as TVs aberta e fechada (via Sportv).

Santos, Fluminense, Grêmio e Internacional podem ser considerados os mais importantes para o projeto do Esporte Interativo entre os oito que participaram da primeira reunião. Atlético-PR, Coritiba, Bahia e Sport completam a relação dos que estiveram no encontro, de acordo com dirigentes presentes.

Em contato com a diretora de marketing do Sport, Melina Amorim, para perguntar se o clube havia acabado de entrar em acordo com a Globo. Ela afirmou que não tinha a informação e ficou de responder mais tarde só que não atendeu aos demais telefonemas.

O projeto do Esporte Interativo não poderá contar com clubes que já se acertaram a com a Globo sobre a renovação, como Corinthians e São Paulo.

Assim, existe a possibilidade de o campeonato ter jogos transmitidos em dois canais de TV fechada, cada um mostrando os confrontos que envolvem apenas equipes com as quais têm contrato. Há também a hipótese de, no caso de um grupo se acertar com o concorrente da Globo, os jogos em TV aberta serem negociados com uma terceira emissora.

Por enquanto, quem demonstra mais empolgação com a proposta do Esporte Interativo é Modesto Roma Júnior, presidente do Santos. Da mesma maneira que  sua torcida, a direção alvinegra não está satisfeita com o tratamento dispensado ao clube pela Globo.

O Esporte Interativo afirmou por meio de sua assessoria de imprensa que não comenta especulações ou negociações em andamento.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.