Federação Carioca aprova corte de cota de TV à Flamengo e Fluminense no estadual


Sem a presença de representantes de Flamengo e Fluminense, uma Assembleia Geral foi realizada no auditório da Federação de Futebol do Estado Rio de Janeiro (Ferj), nesta sexta-feira, com ligas e clubes associados à mesma. Na reunião, ficou decidido que os times que participarem de competições não oficiais em 2016 serão multados com o valor da cota integral de televisão e proibidos de disputar todas as competições de base.

Segundo informações do Globoesporte.com, Fla e Flu, decididos a disputarem a Liga Sul-Minas Rio, torneio que ainda não conta com a chancela da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), são os principais afetados por tal decisão. O não reconhecimento por parte da CBF é justamente o que tira da competição o caráter de oficial. A dupla, aliás, já anunciou que disputa o Campeonato Carioca com times alternativos. As informações são do jornal "Extra".

O novo Regulamento Geral de Competições será divulgado no site oficial da Ferj provavelmente na segunda-feira, mas Flamengo e Fluminense só poderão questioná-lo a partir de 5 de janeiro, pois a federação entrou em recesso nesta sexta-feira.

Procurado pela reportagem, o Flamengo disse que só se pronunciará sobre o tema após as eleição presidencial rubro-negras, marcada para a próxima segunda-feira. O Fluminense também não quis se manifestar sobre o fato.

Em Arbitral no mês de outubro, a Ferj definiu a redução da cota de TV para os clubes que disputassem o Carioca com times alternativos. Nesta sexta-feira, novas medidas.
Após a publicação da matéria, a Ferj procurou a reportagem e enviou uma nota de esclarecimento.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.