PVC desmente áudio no Whatsapp sobre suposta “luta arranjada” de Aldo; entenda


O jornalista Paulo Vinícius Coelho, mais conhecido como PVC, se manisfestou em suas contas nas redes sociais sobre um áudio que circulava no Whatsapp.

Na mensagem, supostamente feita por ele, acusa a luta entre José Aldo e Conor McGregor de ter sido “arranjada”. Na ocasião, o irlandês derrotou o brasileiro pelo UFC 194 em apenas 13 segundos.

LEIA TAMBÉM:
Derrota para McGregor adia lançamento de filme sobre trajetória de José Aldo

No comunicado emitido por PVC, ele desmentiu que tinha sido o autor da gravação. “Não conheço MMA, não falo de lutas. Se alguém escrever alguma bobagem qualquer sobre lutas querendo usar meu nome, saiba que não sou eu”, disse no Twitter.

Em seu perfil no Facebook, ele disse que iria tomar medidas legais em relação ao caso. Confira o texto na integra:

"Atenção! Quero esclarecer a todos que um irresponsável está espalhando um WhatsApp tentando se passar por mim e dizendo que houve arranjo na luta de Jose Aldo. Primeiro: não houve. Segundo: não conheço lutas e por isso não dou opinião a respeito. Quem me conhece sabe que sempre que tenho uma informação uso os canais de que faço parte: Fox Sports, Folha de S. Paulo e meu blog no Uol. Claro que vamos descobrir de onde saiu essa irresponsabilidade e tomar as medidas jurídicas necessárias.
Obrigado,
Paulo Vinicius Coelho (PVC)"


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.