Valor das cotas de TV da Primeira Liga será repartido igualmente entre os 12 clubes participantes


Um dos principais entraves da Liga Sul-Minas-Rio, a divisão da cota dos direitos de TV pode ter chegado ao fim. Segundo Gilvan de Pinho Tavares, presidente da Primeira Liga, o dinheiro oriundo do acerto com a Globo será repartido de forma igualitária entre os 12 times participantes. A informação é da Máquina do Esporte.

O campeão e o vice do torneio receberão, ainda, uma premiação de valor não divulgado. O montante pago pela emissora carioca giraria em torno de R$ 80 milhões, número não confirmado oficialmente.

“Nós fechamos o contrato com a TV Globo. Ficou tudo acertado para o ano que vem. Vamos dividir as cotas igualmente para todos os clubes para não ter problema com ninguém”, disse o mandatário do Cruzeiro ao site GloboEsporte.com.

A possibilidade de repetir o que acontece no Campeonato Brasileiro, onde há um abismo no pagamento entre as equipes com mais jogos televisionados e os times menos populares, vinha causando atritos internos na Primeira Liga.

Flamengo, Fluminense, Atlético-MG, Cruzeiro, América-MG, Coritiba, Atlético-PR, Criciúma, Avaí, Figueirense, Grêmio e Internacional iniciarão a disputa da Liga Sul-Minas-Rio no fim de janeiro. A final do torneio está marcada para 31 de março.

O acordo com a Globo foi anunciado pelo dirigente cruzeirense na última segunda-feira (28). Contudo, o canal não confirmou o encerramento das negociações. Esporte Interativo, ESPN e Record também fizeram ofertas pela competição.

A princípio, os jogos serão exibidos pelo SporTV, enquanto a Globo mostraria apenas os encontros mais importantes do torneio.



Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.