Conselho do São Paulo aprova acordo com a Globo por direitos na TV fechada


O Conselho do São Paulo aprovou na noite desta terça-feira (23) a proposta do SporTV –que pertence à Globosat, braço de canais por assinatura do Grupo Globo, do qual faz parte a Rede Globo– para transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2019 até 2024. A informação foi divulgada pela Folha de São Paulo, por Camila Mattoso.

O órgão aprovou apenas o contrato para TV fechada, que tinha o Esporte Interativo como concorrente. Globo e Turner, dona do Esporte Interativo, disputavam a compra dos direitos de transmissão dos jogos do São Paulo na TV fechada.

Na noite de votação, estavam presentes dois diretores da CBF, Rogério Caboclo, diretor executivo, e Marco Aurélio Cunha, que comanda o futebol feminino.

Depois da rivalidade com o canal da Turner, a Globo superou a proposta do Esporte Interativo em R$ 10 milhões. A emissora vai depositar R$ 60 milhões assim que os documentos forem assinados.
De acordo com a assessoria do clube, a aprovação foi por aclamação. Quem esteve à frente das negociações foi Ataíde Gil Guerreiro, que saiu aplaudido da reunião por ter conseguido melhorar a situação do clube em relação à TV.

A oposição, que pretendia pedir a formação de uma comissão para comparar em um relatório as duas propostas, não levou adiante a ideia e votou a favor do acordo com a Globo. "Não tinha porque levar adiante. Foi uma coisa muito boa para o São Paulo", disse Eduardo Alfano, conselheiro que encabeçava a ideia.



Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.