Lei vai fazer Esporte Interativo pagar bônus em vez de adiantamentos por direitos de TV; entenda



O Esporte Interativo deve pagar um bônus após a assinatura dos contratos com os clubes que estão fechando os direitos de transmissão de TV fechada com a emissora a partir de 2019.

De acordo com a Folha de São Paulo, por Marcel Rizzo, o pagamento é tratado é com cautela porque o Profut, a lei de responsabilidade fiscal no esporte, proibiu que as entidades desportivas adiantem ou comprometam receitas de períodos posteriores à gestão ou mandato vigente, e o acordo valerá para daqui três anos.

Por isso o valor será considerado como luvas, ou seja, dinheiro pago como bonificação e garantia da negociação, e não como adiantamento do que será recebido no futuro.

Por anos clubes adiantaram valores de cotas de TV de anos posteriores, multas vezes pagando juros, como maneira de fechar as contas a realizar contratações.

Seis clubes já estão próximos de assinar com o Esporte Interativo os direitos de TV fechada a partir de 2019 — Santos, Inter, Coritiba, Atlético-PR, Santa Cruz e Bahia.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.