Globo reduz salário de Galvão Bueno e de outros profissionais para evitar demissões



A Globo está negociando reajustes salariais inferiores à inflação com seus principais apresentadores, atores e jornalistas. Profissionais que ganham altos salários, muitos deles acima de R$ 1 milhão mensais, estão sendo convencidos a aceitar um reajuste de 5%, bem abaixo da inflação dos últimos 12 meses, na casa dos 12%. De acordo com o Notícias da TV, nas negociações, a Globo tem demonstrado que, reduzindo o reajuste de altos salários, evita demissões. Dessa forma, apresentadores ajudam a manter as equipes que produzem seus próprios programas.

A política equivale a um corte de salários. Quem ganha R$ 100 mil mensais e abre mão de um reajuste de 5%, por exemplo, aceita reduzir seus vencimentos em R$ 5.000 por mês. No caso de uma estrela global, que ganha R$ 1 milhão mensais, a economia para a emissora é de R$ 600 mil em um ano. No time dos que ganham mais de R$ 1 milhão, estão o locutor esportivo Galvão Bueno, principal nome do departamento esportivo da emissora.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.