Mesmo após deixar de exibir Brasileirão, Band promete não ter demissões na equipe esportiva



Executivos da Band afirmam não pretender fazer cortes nas equipes esportivas (narradores, comentaristas etc.) após o anúncio, nesta terça (3), de que o canal não exibirá o Campeonato Brasileiro junto com a Globo. A informação é da Folha de S. Paulo, por Ligia Mesquita.

A emissora, assim como outras, tem perdido faturamento. Até abril, a queda foi de 15%. Sem cotas de publicidade suficientes para cobrir os custos do Brasileiro, a Band preferiu pular fora. Aos anunciantes que já haviam fechado com o canal está sendo oferecida a migração para outros programas, como o “X-Factor”.

Na parceria do Brasileiro, a Globo arcava com cerca de 90%, e a Band, com o restante pelos direitos de transmissão. Por causa dos altos valores, a Band já tinha desistido da Copa do Brasil.

Já a colunista Keila Jimenez, do R7, a informação é outra, segundo ela, os profissionais do esporte já estão apreensivos. Passada a Olimpíada, o futuro do jornalismo esportivo do canal é incerto. Seria impensável anos atrás o "canal do esporte" deixar uma transmissão assim.



Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.