Bandsports confirma transmissão do futebol colombiano: "crescente boa do futebol no cenário internacional"



O canal Bandsports adquiriu por dois anos os direitos para televisão do futebol colombiano e a partir do próximo domingo, dia 19 de junho, começa a transmitir com exclusividade as partidas da Liga Águila, o Campeonato Colombiano de Futebol.

Segundo a direção do Bandsports, a compra dos direitos deveu-se principalmente à crescente boa performance do futebol colombiano no cenário internacional. Exemplos disso: a seleção nacional se classificou com tranquilidade para a segunda fase da Copa América, e o Atlético Nacional da Colômbia foi considerado o melhor time na primeira fase da Libertadores.

A estreia do futebol colombiano na tela do Bandsports será às 20 horas deste domingo, com a grande decisão do primeiro torneio nacional (há dois torneios por ano), entre o Independiente de Medellín e o Atlético Júnior de Barranquilla. Será a segunda partida da final – na primeira houve empate por 1 gol – e vai acontecer no estádio Atanásio Girardot, em Medellín.

NA SEXTA TEM LUTA AO MEIO-DIA E À MEIA-NOITE NO BANDSPORTS

Tem MMA ao vivo ao meio-dia e também à meia-noite nesta sexta-feira, dia 17, na tela do Bandsports – e nos dois eventos tem brasileiro lutando. Ao meio-dia, direto do Sibur Arena, em São Petersburgo, na Rússia, o canal transmite o Fight Nights 50, onde a luta principal será do brasileiro Fábio Maldonado com o lendário Fedor Emelianenko. E a partir da meia-noite, direto do Century Cassino, em Calgary (Canadá), a brasileira Paula Baack encara a canadense, no card do Hard Knocks 50.

O brasileiro Fábio Maldonado vai enfrentar um atleta considerado por muitos o maior lutador de todos os tempos. Fedor, de 39 anos, coleciona cinturões e vitórias memoráveis ao longo de seus 16 anos como lutador profissional de MMA. Maldonado, de 36 anos, tem 22 vitórias e nove derrotas no MMA, e no boxe – modalidade na qual está invicto – coleciona 22 vitórias, sendo 21 por nocaute. "É a luta da minha vida. O Fedor é o maior lutador de todos os tempos, é como Ayrton Senna na Fórmula 1 e o Falcão no Futsal. O Fedor é incomparável", disse Maldonado, antes de embarcar para a Rússia.


Ao contrário de Maldonado, Ana Baack, de 23 anos, está em início de carreira. Carioca de Meriti, lutou muito para conseguir viajar até o Canadá e participar do Hard Knocks 50 – passou rifas, fez "vaquinha" online, vendeu bijuterias e acionou campanhas nas redes sociais. "Participar dessa competição era um sonho. Serei a única representante brasileira. Para mim, é um prazer muito grande e a expectativa é a melhor possível. Se ganhar esta luta, vou disputar o cinturão na próxima edição do evento, explicou.




Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.