Gás de pimenta usado pela Policia em Brasília atrapalha equipe do Premiere



A equipe de cabine do Premiere sofreu com o gás de pimenta que a Policia Militar utilizou para dispersar o confronto entre torcedores de Flamengo e Palmeiras na tarde deste domingo (5), na Arena Mané Garrincha, em Brasília, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro Série A.

Segundo o Esporteemidia.com, por Ribamar Xavier. o gás adentrou a cabine e prejudicou o trabalho do narrador Daniel Pereira e do comentarista Wagner Vilaron. Após a partida, durante entrada no SporTV, a dupla citou o problema e Vilaron chegou a tossir ainda por conta do gás. O fato ocorreu quando do inicio da segunda etapa que foi retardado por conta do incidente que afetou ainda jogadores e torcedores.

Por outro lado, Cléber Machado disse na transmissão da Globo que o gás não chegou à cabine da emissora paulista. Aliás, no segundo tempo da partida, Machado cometeu uma gafe ao trocar o nome de um atleta do Palmeiras. Citou Victor Ramos quando o correto era Vitor Hugo. Ramos já teve passagem pelo clube paulista, mas atualmente defende o Vitória.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.