Em coletiva, Neymar se irrita com pergunta de repórter e rebate questões sobre vida pessoal



Após 14 atletas concederem entrevista coletiva, finalmente Neymar foi escolhido para comentar a situação da Seleção olímpica Brasileira. Segundo reportagem do portal Terra, dentre os momentos de sorrisos, seriedade e desconfortos das perguntas, Neymar se mostrou bastante incomodado com os questionamentos sobre sua vida pessoal.

"Você tem que começar a ver o que eu faço dentro de campo, minhas coisas particulares não interessam. Você (repórter que fez a pergunta) poderia olhar para mim, por gentileza? Sem ficar chateado. Você tem que me cobrar em campo, mas tenho minha vida particular. Tenho 24 anos, tenho minhas conquistas, minhas coisas, e sou muito tranquilo quanto a isso. Tenho meus erros, não sou perfeito", falou o jogador.

Além de ter citado várias vezes que não gosta de ser reconhecido como "intocável", Neymar também garantiu que não deixará de fazer coisas normais somente por ser um jogador de destaque. "Eu tenho amigos, tenho família, por que não posso ir para a balada? Eu posso, eu vou, e não vejo problema nenhum. É a minha vida particular. Dentro de campo eu sempre me entrego, tento fazer meu melhor, acabo errando, como errei muitas vezes e ainda vou errar, é normal para um ser humano. Estou aprendendo cada vez mais com meninos mais novos do que eu", declarou.

No início do ano, Neymar se envolveu em polêmica após postar um vídeo de quando estava na balada em sua rede social. A imagem do atacante acabou viralizando, já que um dia antes da postagem, o camisa 10 havia recebido seu segundo cartão amarelo na partida contra o Uruguai e acabou ficando suspenso do jogo contra o Paraguai, para as eliminatórias da Copa da Rússia em 2018.

Desviando o assunto de futebol, a imprensa encurralou o atleta ao perguntar se Neymar teria mudado desde que se tornou o jogador com a importância que tem hoje. Irritado com a invasão de privacidade, o capitão da Seleção direcionou suas respostas.

"Achei sua pergunta maldosa, mas respondo sem maldade. Se você tivesse 24 anos, tivesse tudo que eu ganhei e tudo que eu tenho, você seria o mesmo? Só isso que te pergunto", finalizou.

Confira o vídeo:



Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.