Técnico de Boxe do Brasil se irrita e corrige repórter do SporTV após derrota de atleta



Bronze nas Olimpíadas de Londres, em 2012, a boxeadora brasileira Adriana Araújo era uma das esperanças de medalha para o Brasil na modalidade nos Jogos do Rio. Só que, nesta sexta-feira, a baiana de 34 anos foi surpreendida logo na estreia da categoria peso-galo feminino (até 60kg) pela finlandesa Mira Potkonen por decisão dividida dos juízes e está fora da competição.

De acordo com  o Torcedores.com, por Matheus Martins Fontes, a derrota de Adriana causou frustração não só para a própria lutadora, mas também para o comentarista do SporTV, Acelino “Popó” Freitas, que acreditava em uma decisão a favor da brasileira. O técnico da seleção, Cláudio Aires, comentou o resultado para a emissora e deu uma “dura” no repórter Rodrigo Albornoz.

O jornalista do SporTV fez a entrada ao vivo dizendo que “o técnico brasileiro não concordava muito com a decisão dos árbitros”, fala que logo foi corrigida por Aires no ar. “Eu não disse isso (que discordava dos juízes). Eu disse que foi uma luta muito parelha, equilibrada e que os juízes escolheram a melhor. Eles tomaram a decisão deles, se dessem para qualquer lado, estava bom”, corrigiu o treinador.

“Ela (Adriana) treinou bem, estava bem, é uma menina experiente, medalhista. Sabemos que os outros países também estão treinados. Não foi nenhuma surpresa ver outros países competindo de igual para igual com a gente”, completou Aires.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.