Tite pede paciência à imprensa na avaliação de seleção treinada por ele



Após a vitória por 2 a 1 sobre a Colômbia na Arena da Amazônia nesta terça-feira (6), o técnico Tite aproveitou sua entrevista coletiva para avaliar a recepção que seu trabalho tem tido por parte da imprensa e para mandar um recado aos torcedores. De acordo com a Folha de S. Paulo, por Guilherme Seto, na visão do treinador, a imprensa precisa ter uma visão de mais longo prazo sobre o projeto antes de se empolgar.

"Se ela [empolgação] for do torcedor, é justa; da imprensa, não. Ela tem que ser criteriosa em cima do trabalho todo", disse Tite.

"Tem que olhar o processo, o trabalho, a continuidade, as ideias. A análise de resultados é muito superficial. Minha filha aos três anos sabia que tinha que vencer, mas não sabia como. Tem que saber, fazer e ter tempo para trabalhar. A única coisa que consegui dar foi utilizar os atletas na função em que eles jogam."

Ainda a respeito dos elogios que recebe de alguns profissionais da imprensa, ele recusa.

"Não quero aceitar essa bala Juquinha que você está me dando. Eu não falo por humildade, mas por inteligência. Foi um grupo todo de trabalho que se mobilizou. A equipe jogou de maneira muito consistente. Você tem que vencer com desempenho, porque te dá confiança".


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.