Com mudança da pesquisa do pay-per-view, Flamengo perde R$ 6 milhões de TV



O Flamengo perdeu R$ 6 milhões em receitas de televisão por conta de uma mudança na metodologia da pesquisa do pay-per-view do Brasileiro. Isso se refletiu no orçamento para 2017 que teve queda neste item, até porque ainda há a ausência de cota do Estadual.

Segundo o UOL Esporte, por Rodrigo Mattos, o documento com previsão de renda para o próximo ano registra que o percentual do clube no pay-per-view cairá de 15,1% para 13,9%. Essa variação ocorreu porque a cidade de Manaus foi retirada da pesquisa já que deixou de atingir um patamar mínimo de população exigido pelo critério Ibope.

A diretoria rubro-negra lamentou a mudança já que Manaus é um local onde o clube é dominante entre torcedores. A avaliação é de que o prejuízo será de R$ 6 milhões.

Isso demonstra a importância do contrato assinado pelo Flamengo com a Globo pela renovação do Brasileiro. Pelo novo acordo, as cotas foram divididas igualmente, mas o clube exigiu um percentual fixo de 18,5% do pay-per-view a partir de 2019. Se o time não atingir isso na pesquisa, levará por fora da emissora até atingir o valor.

Foi uma forma de a emissora atrair o clube quando havia forte concorrência com o Esporte Interativo. Na avaliação do dirigentes rubro-negros, isso compensa a perda com o TV Aberta já que ppv ganha cada vez mais peso no total.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.