Comentaristas da ESPN repudiam interesse do Palmeiras em contratação de Felipe Melo



Durante o programa Bate-Bola na Veia, exibido pela ESPN Brasil neste feriado de Natal, a possibilidade de Felipe Melo ser contratado pelo Palmeiras foi bastante criticada pelo apresentador Rafael Ribeiro e pelo comentarista Gian Oddi. Ambos citaram expulsões do jogador como prova do quão arriscada seria para o campeão brasileiro investir no jogador com vistas à disputa da próxima Copa Libertadores da América no ano que vem.

''Felipe Melo no Palmeiras? Felipe Melo tava malhando até outro dia lá no Rio, pegando sol. Foi expulso no jogo da Inter contra o Sassuolo. Jogou bem o Felipe Melo, mas, claro, foi expulso. Brincadeira o Felipe Melo. No primeiro tempo deu uma entrada no cara, daquelas, assim, 'felipemeliantes', amarelo, e aí no segundo deu uma, de leve, pimba, finalzinho de jogo, Inter 1 a 0 e o juiz (deu) vermelho'', criticou Rafael Ribeiro.

Alexandre Oliveira, conhecido pela irreverência em suas participações em programas e transmissões da emissora, fez coro: ''Gostei muito desse seu comentário, que resume bem o que tem sido a carreira do Felipe Melo: jogou muito bem e logicamente foi expulso.''

''Palmeiras quer pagar quanto? Vamos dizer que sejam 600 mil reais. R$ 600 mil no Felipe Melo tem tanta gente que adoraria jogar no Palmeiras e que é muito mais bola'', opinou Ribeiro.

''Acho ótimo jogador do ponto de vista técnico, indiscutivelmente um grande jogador, mas não vejo motivos pro Palmeiras querer contratar o Felipe Melo'', detonou a ideia também o analista Gian Oddi. ''Quais podem ser argumentações? A primeira delas, bom, precisamos de um volante. No Palmeiras (atual) a gente vai achar Tchê Tchê, o Jean, Moisés, Arouca, Gabriel, Thiago Santos, Matheus Sales. Talvez tecnicamente seja mais capaz que esses todos, mas o Palmeiras não precisa desse jogador, existem outras carências'', enfatizou.

''Outra argumentação  continuou – seria o tal do jogador cascudo, que é mais experiente, acostumado com competição internacional, e acho que isso cai por água abaixo em dois segundos, porque ele é o cara que para o mata-mata é muito perigoso. Num pontos corridos pode ser útil porque uma expulsão tem um peso (menor), mas no mata-mata, e acho que pra todo mundo vem a lembrança da Copa de 2010, é um jogador perigoso porque em um lance perde a cabeça e pode ser fatal não só pra ele, mas para o time como um todo'', finalizou a sua crítica.

Com informações do UOL Esporte.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.