Presidente da Primeira Liga vê competição fortalecida com R$ 23 milhões de cota de TV



Presidente da Primeira Liga, Gilvan de Pinho Tavares, também presidente do Cruzeiro, vê a competição fortalecida para a disputa da segunda edição do torneio, em 2017. De acordo com o Tempo, por Thiago Nogueira, mesmo com as saídas de Atlético-PR e Coritiba e num calendário apertado do futebol brasileiro, o dirigente ressalta que é cada vez maior o interesse de outros clubes de integrar a entidade.

Para a próxima temporada, a Primeira Liga conseguiu aumentar a cota de televisão de R$ 5 milhões para R$ 23 milhões, um valor quase cinco vezes maior do que na primeira edição, em 2016. O contrato com a TV é válido por três anos. A dupla Atletiba, no entanto, não concordou com a divisão do dinheiro de modo desigual entre os membros. O Flamengo, por exemplo, clube de maior torcida do país, levou a maior fatia.

"A Primeira Liga está fortalecida porque a cota foi muito boa e ela é muito bem vista por outros clubes do futebol brasileiro, que gostariam de estar disputando a Primeira Liga, exceto os clubes de São Paulo que têm um contrato vultuoso com a televisão pelo Campeonato Paulista e os do Rio de Janeiro, onde têm uma briga local.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.