"Projeto Tóquio" acompanha o ciclo olímpico de 10 atletas até 2020 no "Esporte Espetacular"



Ainda faltam mais de quatro anos para os Jogos de Tóquio, mas para a Globo a Olimpíada de 2020 começa no primeiro dia de 2017.  No domingo, dia 1º de janeiro, o 'Esporte Espetacular' estreia uma série que acompanhará, durante os próximos quatro anos, 10 atletas com potencial para lutar por medalha no Japão.  Nem todos são promessas. Alguns, aliás, já são realidade e brilharam nos  Jogos do Rio, neste ano. Mas o sonho é o mesmo: atravessar o ciclo olímpico e chegar a 2020 prontos para subir ao pódio.

Foram selecionados para o 'Projeto Tóquio' atletas com diferentes perfis e trajetórias. Arthur Nori (Ginástica Artística), Maicon Andrade (Taekwondo) e Petrucio Ferreira (Atletismo Paraolímpico) ganharam medalhas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio. Os outros sete querem seguir os mesmos passos dos colegas mais experientes.  São eles: Pedro da Silva (Canoagem Slalon), Caio Bonfim (Marcha Atlética), Micaelly Brazil (Futebol Feminino), Orlando Luz (Tênis), Duda Lisboa (Vôlei de Praia Feminino), Emily Rosa (Levantamento de Peso) e Letícia Bufone (Skate).

Eles podem não conseguir uma vaga para os Jogos do Japão. Mas, até lá, vão lutar por isso. E é justamente esse esforço por desenvolvimento e uma chance na Olimpíada que o 'Projeto Tóquio' vai mostrar. O que acontece na vida de um atleta durante um ciclo olímpico envolve muita dificuldade, alegrias, frustrações e conquistas. "É claro que a medalha olímpica, seja ela de ouro, de prata ou de bronze, é sempre extraordinária. É um símbolo que conta bem a história que você viveu. Mas eu não tenho a menor dúvida que, de tudo que eu passei, os ciclos olímpicos foram os melhores anos da minha vida. E infelizmente, isso que vocês estão vivendo hoje, um dia vai acabar. Então aproveitem cada segundo e deem o seu melhor porque vocês vão sentir falta lá na frente", diz aos atletas o apresentador Flávio Canto que, como judoca, conquistou uma medalha de bronze em 2004 para o Brasil.

O 'Projeto Tóquio' foi lançado oficialmente nesta semana, com uma visita dos 10 atletas selecionados aos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro.  Eles foram recepcionados pelos apresentadores do 'Esporte Espetacular', Fernanda Gentil e Flávio Canto, e conheceram as cidades cenográficas de 'A Lei do Amor' e 'Sol Nascente', além dos estúdios de 'Rock Story' e do 'Mais Você'. "O nosso ouro, o diamante, é a jornada de cada um de vocês até a Olimpíada. Isso é o que importa para nós. Isso é o que inspira as pessoas. Afinal, todo mundo tem um projeto, um sonho", explicou o diretor executivo de Esportes da Globo, Renato Ribeiro, ao receber os atletas na Globo.

No mesmo dia 1º de janeiro, em que vai ao ar o primeiro episódio da série no 'Esporte Espetacular', será lançado um site dentro do Globoesporte.com que também acompanhará o dia-a-dia dos atletas. O conteúdo factual dessa rotina será mostrado pelo 'Globo Esporte', na TV. O SporTV, por sua vez, exibirá, em 2020, 10 documentários mostrando a trajetória de cada atleta.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.