Atlético-PR e Coritiba estipularam valor para fechar com a Globo transmissão do estadual



O Campeonato Paranaense ainda não tem garantia de transmissão pela televisão em 2017, nem da TV aberta, nem via pay per view. Mas, nessa sexta-feira, dirigentes de Atlético e Coritiba chegaram a um consenso e propuseram à Globo, representada pela repetidora RPC no Paraná, um valor para que finalmente assinem o contrato. O presidente da Federação Paranaense, Hélio Cury, será o responsável pela negociação que envolve os dois pacotes.

Anteriormente, o valor oferecido aos clubes pelo pacote do campeonato foi de R$ 6 milhões, o que foi rejeitado. Em 2016, Atlético e Coritiba receberam R$ 2,2 milhões enquanto que os demais clubes dividiram, com Paraná e Londrina recebendo mais, outros R$ 6 milhões, totalizando pouco mais de R$ 10 milhões. Os paranaenses não aceitaram a redução e a dupla Atletiba cogitou até não disputar a competição, o que já foi descartado. A Globo ofereceu pagar R$ 4 milhões pelo Estadual caso Atlético e Coritiba não participem do pacote de TV. “Por 30% a menos não dá”, disse à reportagem o vice-presidente Alceni Guerra.

Nesta sexta, representantes dos dois clubes estiveram em reunião, bem como o presidente da FPF, em busca de um valor em contraproposta para a emissora. O valor não foi revelado, mas, especula-se algo acima dos R$ 12 milhões, com a dupla Atletiba recebendo mais de R$ 3 milhões cada e os demais dividindo o restante, na proporção citada anteriormente.

Com informações do UOL Esporte.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.