João Carlos Albuquerque assume apresentação do "Bola da Vez" da ESPN Brasil



O Bola da Vez da próxima terça-feira, 31 de janeiro, terá um novo apresentador no tradicional programa de entrevistas da ESPN Brasil. João Carlos Albuquerque, o "Canalha", assume o comando da atração e terá como primeiro entrevistado o ex-jogador e maior cestinha da história do basquete mundial, Oscar Schmidt, que disputará a partida do Jogo das Celebridades do All Star Weekend da NBA no próximo dia 17 de fevereiro.

O "Canalha", como João Carlos Albuquerque é conhecido por tratar desta forma seus amigos e fãs do esporte, é um dos rostos mais conhecidos e carismáticos da ESPN e dará um tom pessoal à atração. Com uma longa trajetória no jornalismo e mais de 15 anos na soma de suas duas passagens na ESPN, atualmente o profissional comanda o "Bate Bola na Veia", programa de debates que vai ao ar no fim das tardes de segunda à sexta-feira e que seguirá com sua apresentação.  "Gosto de despir o convidado (no sentido bíblico do verbo!) para o espectador saber quem são seus verdadeiros ídolos", comentou o irreverente "Canalha" sobre sua nova missão à frente do Bola da Vez.

Dan, de 47 anos, deixa como legado o lado humano e a personalidade própria que deu ao programa desde 2015, características que resultaram em conversas emocionantes e reveladoras como, por exemplo, os ex-jogadores Cicinho, ex-São Paulo, e Mirandinha, ex-Corinthians. Também ator e diretor artístico,  o profissional deixa a atração para se dedicar a outros projetos.

Na estreia de João Carlos Albuquerque no comando do Bola da Vez, o programa recebe Oscar Schmidt que contará ao narrador Everaldo Marques e ao comentarista Eduardo Agra sobre sua expectativa de disputar sua primeira partida pela NBA. O maior cestinha do basquete mundial, com 49.737 pontos, foi convidado pela NBA para disputar o Jogo das Celebridades do All Star Weekend no dia 17 de fevereiro em iniciativa conjunta com a ESPN, emissora que transmite a liga no Brasil e Estados Unidos e Budweiser, parceira comercial da liga nos dois países.

Embora tenha sido selecionado pelo New Jersey Nets para jogar pela NBA em 1984, Oscar não aceitou o convite uma vez que o regulamento da época não permitia que um jogador que atuasse por uma liga profissional jogasse pela seleção de seu país. Oscar optou por defender a Seleção Brasileira e teve interrompido o sonho de atuar pela NBA, razão pela qual será homenageado com sua "estreia" pela liga no próximo mês. Durante o programa, Oscar relembra a histórica vitória do Brasil sobre os Estados Unidos nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis em 1987 e conta de sua paixão pela NFL e a expectativa com o Super Bowl.




Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.