Junior defende que jornalista esportivo deveria fazer curso de treinador e de arbitragem para atuar na função



Um assunto que não morre e é sempre descutido dentro daimprensa esportiva é a a presença de ex-jogadores nas trasnmissões. Esse foi um tema abordado pelo UOL Esporte em entrevista com ex-jogador e atual comentarista esportivo da Globo, Junior. Na mesma, defendeu a realização de cursos para atuar na função.

"Para jornalista esportivo eu acho que o cara tinha que fazer um curso de treinador e de arbitragem, faz comunicação da mesma forma como de ex-jogadores também deveria fazer, porque o que eu vejo os outros que passaram um tempo na faculdade e fala de besteira é a mesma coisa, pra você falar de economia, pra Miriam Leitão falar de economia ela precisa ter o curso de economia para o Sardenberg falar de economia, William Vaack como eles falam porque eles estão preparados e muita gente fala de futebol como uma coisa tão simples e quem esteve lá dentro do campo sabe que não é tão simples assim por uma série um monte de coisas, agora tem o erro de quem contrata, não dá pra você sei lá ligar a televisão e vê os outros comendo o S falando concordância errada sem ter nenhuma preparação do que está acontecendo no mundo do futebol, então as pessoas que contratam deveriam fazer uma avaliação melhor em relação a isso.", afirmou.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.