Mesmo com continuação de greve, Super Rádio Tupi retorna com programação futebolística



Apesar da greve que completou um mês nesta semana, as transmissões de futebol da Super Rádio Tupi voltarão, assim como a programação não-esportiva também, segundo informação do Papo de Bola, por Edu Cesar. Anunciado isso foi ontem pelo Wagner Menezes, divulgando especialmente as transmissões do Campeonato Carioca amanhã e depois de amanhã e o retorno do "Giro Esportivo" na próxima segunda-feira com sua apresentação.

Disse Wagner em várias postagens no Twitter: "A Rádio Tupi voltará ao ar neste sábado mais forte do que nunca. A greve continua, mas os principais comunicadores da emissora, aliados a vários operadores de áudio e de externa, produtores e colaboradores, decidiram voltar a trabalhar para mostrar que acreditamos na recuperação do veículo. Conto com o seu apoio nessa mobilização que já está mexendo com o Rio de Janeiro. Entendo perfeitamente o pensamento dos companheiros que optaram pela manutenção da greve mas, ao mesmo tempo, acredito que o momento é de arregaçar as mangas e trabalhar ainda mais para recuperação do veículo."

Anteontem, quem se pronunciou foi Washington Rodrigues. Escreveu o "Velho Apolo" no Facebook: "Hoje tivemos mais uma reunião e por maioria os companheiros optaram pela greve. Fazer greve é um direito sagrado do trabalhador. É a ferramenta que usa para defender os seus direitos. Não fazer greve também é um direito sagrado do trabalhador. A Tupi fez hoje uma proposta que achei razoável. A continuação da greve significará o fim. A Tupi não resistirá. Reuni alguns colegas e os conclamei a voltar ao trabalho para salvar a emissora. Assumimos um compromisso de ajuda mútua na execução dos programas para suprir algumas faltas. A direção se compromete a escalonar os pagamentos e cumprir o que for acordado. Com a minha experiência, afirmo que a Tupi não suportará muito tempo. Peço aos colegas que meditem sobre isso. E se a gente voltar e eles não cumprirem o combinado, nós tiraremos a rádio do ar, apagaremos as luzes e iremos embora. A Tupi morrerá levando com ela a esperança de salvação do meio Rádio no Rio de Janeiro. O mercado está estrangulado, não há espaço. Não condeno os que querem a greve, entendo o desespero que toma conta de todos. Mas vamos dar uma chance à nossa Tupi. Vamos dar uma chance a nós mesmos. Proponho a volta imediata ao ar. Juntos, unidos, solidários, ganharemos essa briga. Estou com 80 anos, tenho outras atividades, filhos criados. Trabalho porque amo o que faço. E você, jovem companheiro, recém casado, família sendo construída, o que pensa da ideia? Vamos à luta! Voltemos com tudo com a garra que nos deu a preferência. Garanto que o povão virá no embalo. Os empresários voltarão com as suas marcas e será o fim da tempestade. O sol brilhará. Se você acredita, venha. Tupi no ar!"


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.