Esporte Interativo deu suporte técnico e jornalistico para transmissão de Atletiba pelo YouTube e Facebook



Depois de muita polêmica, Atlético-PR e Coritiba finalmente entraram em campo para a disputa do clássico na Arena da Baixada. Nesta quarta-feira (1º), com transmissão exclusiva do Facebook e YouTube, quem se deu bem foi o Furacão, que, com gols de Crysan e Luis Henrique, venceu por 2 a 0 e entrou na zona de classificação do estadual.

A partida estava marcada para acontecer inicialmente em 19 de fevereiro, mas o conjunto de arbitragem não deu início ao jogo na época alegando que os profissionais da transmissão não haviam feito credenciamento. Agora, depois de 11 dias e mais uma vez o com apoio informal do canal Esporte Interativo, tudo deu certo. Segundo a transmissão oficial, mais de 170 mil torcedores acompanharam o final clássico.

De acordo com o UOL Esporte, apesar de o clássico não ser transmitido no Esporte Interativo, o canal de televisão deu todo o suporte necessário para que o clássico paranaense fosse transmitido pelo YouTube e Facebook da melhor maneira possível. A equipe de transmissão foi formada por repórteres dos canais oficiais de Atlético-PR e Coritiba, além de um narrador (Giovani Martinello) e um comentarista da emissora.

A transmissão do clássico pelo Facebook e YouTube foi muito comemorada nas redes sociais. E, como não podia deixar de ser, a mais atacada foi a Globo, emissora que historicamente detém os direitos de transmissão de quase todo o futebol brasileiro. Além do "fim do monopólio", internautas também elogiaram algumas mudanças na transmissão, como, por exemplo, o som ambiente dos torcedores, muito mais alto, dando mais emoção para quem assistia.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.