Caio Ribeiro diz que Milton Mendes foi “arrumar confusão” com Rodrigo; técnico liga ao vivo para rebater


O debate sobre a confusão envolvendo o zagueiro Rodrigo e o técnico Milton Mendes causou polêmica no programa Bem, Amigos desta segunda-feira, no SporTV. Durante a discussão sobre os empurrões dados pelo defensor da Ponte Preta no comandante do Vasco, Caio Ribeiro afirmou que Mendes não deveria ir até o meio de campo após o empate por 0 a 0, no Estádio Moisés Lucarelli, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro.

“Sou amigos dos dois, tá? A atitude do Rodrigo é feia. E, provavelmente, depois desse relato, se foi certo ou não, ele deve tomar uma suspensão. Agora, o Milton Mendes não tinha nada que ir lá no meio-de-campo. Sabe o motivo? Rodrigo era o zagueiro do Vasco, o Milton Mendes tirou ele do time – tinha todo o direito. O Rodrigo saiu para seguir a carreira em outro lugar. Então, já existe uma rixa, um problema entre os dois. Rodrigo não está discutindo, não está brigando com ninguém… Ele está conversando com um ex-companheiro”, disse Caio.

O que o Milton Mendes foi fazer lá? Pensei que ele talvez teria ido colocar panos quentes, pedir desculpas. A hora que ele vem a público falar que ele foi lá tirar o jogador dele, ele só foi lá para arrumar confusão. Quando pega dois caras que não se bicam… O Rodrigo estava errado, e o Milton Mendes também, não tinha nada que ir no meio-de-campo fazer o que ele fez”, completou Caio Ribeiro, sendo acompanhado por André Rizek, apresentador nesta segunda-feira (8).

Alguns minutos depois do comentário do ex-jogador, Milton Mendes entrou ao vivo por telefone para refutar o comentarista. “Uma situação chata e deprimente, mas acredito que está havendo uma inversão de valores. Realmente vocês viram o que aconteceu, e colocando uma possibilidade de que o Caio falou de que o que eu fui fazer lá. Eu fui buscar os jogadores para uma reza, porque tínhamos um voo para o Rio. E esse jogador, que saiu do Vasco, e a nota do clube explica por que ele saiu, mas o ponto não é esse. O fato é que se eu fosse buscar algum tipo de problema eu não teria a reação que eu tive de passividade. Em todos os clubes eu vou para dar exemplo a outras pessoas. Vocês têm que algum cuidado, vocês estão vendo a imagem e estão colocando a possibilidade de eu estar errado por ter ido pegar os meus jogadores.”

Caio respondeu ao treinador mantendo sua posição e explicando com um pouco mais de clareza o seu comentário. “É que eu não acho que haja uma inversão de valores. Se você ouviu o meu comentário, eu disse que o Rodrigo errou, que foi citado na súmula e que deveria ser punido. O que eu disse que desencadeou tudo isso, e eu sigo achando, é que você não deveria ter ido até lá e encostado no Rodrigo, um cara que você sabe que pode dar problema”.

Como resposta final, Milton Mendes colocou mais uma vez em evidência que não deveria ser agredido. “Respeito a sua posição, mas não achei que ele iria fazer o que fez. Eu tinha que colocar a minha opinião, então é dizer para vocês que, no meu ponto de vista, a imagem mostra muito mais do que qualquer coisa que possa ser dito. Mesmo que fossemos inimigos, nada justifica aquele ponto de agressão.”

Com informações do UOL Esporte.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.