Globo negocia para que medalhistas olímpicos brasileiros lutem no pay-per-view



Há um plano em curso para que as lutas do campeão olímpico Robson Conceição e do medalhista Esquiva Falcão sejam transmitidas com exclusividade pelo sistema de pay-per-view (PPV) a partir do ano que vem. Segundo o UOL Esporte, por Eduardo Ohata, as negociações envolvem a empresa que promove a carreira da dupla, a norte-americana Top Rank, e o Grupo Globo, representandos pela Globosat.

Apesar de toda a comoção gerada pela transmissão do duelo entre Floyd Mayweather Jr. e Conor McGregor no fim de semana, as transmissões dos combates dos brasileiros teriam diferenças cruciais, a começar pelo preço dos pacotes de pay-per-view. Se May-Mac custou R$ 89,90, as lutas dos brasileiros sairiam por um preço bem mais em conta. É discutido um valor na casa dos R$ 20.

Outra diferença é que suas programações não seriam oferecidas gratuitamente para os assinantes do canal Combate que assistiram gratuitamente a luta entre Mayweather e McGregor como uma cortesia. Além das apresentações dos brasileiros, as ''superlutas'' promovidas pela Top Rank também seriam oferecidas em pay-per-view. Combates como a revanche entre o filipino Manny Pacquiao e o australiano Jeff Horn, pelo título da OMB, por exemplo.

As programações regulares continuariam sendo exibidas pelo SporTV. O contrato entre as partes valem até o fim deste ano. As discussões estão no departamento financeiro do Grupo Globo. Além das lutas de MMA, a Globosat também oferece outros produtos em pay-per-view, como os estaduais e o Brasileiro de futebol e o reality Big Brother Brasil, além de filmes.


Baixe o aplicativo para Smartphones e Tablets.
Curta nossa página no Facebook
Siga nosso perfil no Twitter.
Compartilhe no Google Plus

Por Vevé Prado

Para entrar em contato com o editor - Email: midiaesportiva@hotmail.com / Celular e WhatsApp: (81)996331508.